terça-feira, 25 de outubro de 2011

O contraste entre o início e o fim

A caminho de Jerusalém, Jesus conta duas pequenas parábolas (Lucas 13:18-21), para dispor os discípulos para a experiência que haveriam de fazer. Nelas se estabelece o contraste entre o início do Reino, na humildade e na perda, e seu fim grandioso. Só quem foi alertado para esta dinâmica divina será capaz de superar o desânimo e a decepção do momento.

A semente de mostarda era símbolo de pequenez. Todavia, esse grão minúsculo, lançado na terra, germina e se torna um arbusto de até três metros, permitindo às aves pousar em seus ramos.
Também a pitadinha de fermento, ao ser colocada numa quantidade excepcional de farinha (três medidas) ou seja, cerca de 50 quilos, era suficiente para fermentá-la e torná-la apta para a fabricação do pão.

Com o Reino dá-se algo semelhante. É preciso esperar com confiança. Seu projeto iniciado com um punhado de pessoas sem projeção social, tidas como estranhas para os esquemas religiosos da época, e sem muitas perspectivas, era como o grão de mostarda e o fermento. Pequenos e frágeis, mas destinados a um fim grandioso. Por trás desta dinâmica, estava o dedo de Deus. Ele é que capacitaria este grupo inexpressivo para se tornar mediação de propagação do Reino, de modo a fermentar toda a história humana.
- desconheço a autoria -

Envia Teu Espírito, Senhor,
e renova a face da terra!

5 comentários:

Tetê disse...

Oi Suzuki! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Bjks Tetê

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã/Maythe

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita! Muito bom o post!Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

Mabel disse...

Olá Suzuki! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita ao Sinais do Reino! Paz e Bem! Beijos Mabel