terça-feira, 10 de abril de 2012

Superando a incredulidade

A superação da incredulidade, por parte dos primeiros discípulos, aconteceu mediante um penoso caminho trilhado pela comunidade a fim de entender o que se passara com o Senhor. Não dava para acreditar que estivesse vivo quem fora vítima de horrenda morte de cruz! As imagens do Mestre desfigurado pelas torturas, cravado na cruz, com o lado perfurado por uma lança estavam ainda demasiadamente vivas na memória dos discípulos, para que pudessem dar crédito ao que se falava a respeito da ressurreição de Jesus.
O testemunho de quem havia dado o passo da fé era sumariamente desprezado. Quando Maria Madalena comunicou aos discípulos - tristonhos e imersos em pranto - que o Senhor estava vivo, eles não lhe deram crédito. Igualmente, não acreditaram nos dois discípulos que tinham tomado consciência da ressurreição de Jesus, enquanto voltavam para o campo.

A incredulidade dos Onze só foi superada após a refeição com o Mestre. A censura que ele lhes dirigiu, por serem duros de coração, valeu também para todos quantos persistiam em lastimar a morte do amigo, sem se darem conta de que algo novo havia acontecido.
Era urgente deixar a incredulidade de lado, pois tinham uma grande missão a cumprir: ir pelo mundo inteiro e proclamar o Evangelho a toda criatura. O conteúdo da Boa Nova a ser anunciada consistia exatamente no fato da ressurreição do Senhor e que por meio dela era possível obter a salvação oferecida pelo Pai a cada ser humano.

Independentemente da reação dos ouvintes, quem experimenta a presença do Ressuscitado é impelido a anunciar a todo mundo esta experiência transformadora.
- desconheço o autor -

Envia Teu Espírito, Senhor,
e renova a face da terra!

7 comentários:

Tetê disse...

Oi Suzuki! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Bjks Tetê

Brisa da Manhã disse...

Olá! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita! Beijos suaves da Brisa da Manhã

Pollyanna Monteiro disse...

Que alegria receber comentários e, com eles, o carinho dos amigos! Muito obrigada por sua visita! Graça e Paz! Beijos no seu coração. Polly

Anpara disse...

Olá! Passando para agradecer a visita ao Filosofando! Muito bom o post!Saúde e Paz. O resto a gente corre atrás! Bjs Ana Paula

Euzinha disse...

Obrigada, querida, pela visita! É bom demais sentir o carinho dos amigos! Maravilhosa a sua postagem! Gosto muito de seu blog! Abreijos Euzinha

B@bi disse...

Reverências! Fico muito agradecida por sua visita! Seu blog é muito bom e é uma enorme alegria vir aqui! Muito obrigada! B@bi

Peregrina da Paz disse...

Oi! Muito bom o seu post! Fiquei feliz com a sua visita! Já atualizei! Beijos e Deus te abençoe! Leila