domingo, 11 de setembro de 2011

Mateus 18:21-35

21Pedro aproximou-se de Jesus e perguntou:'Senhor, quantas vezes devo perdoar,se meu irmão pecar contra mim? Até sete vezes?'
22Jesus respondeu:'Não te digo até sete vezes, mas até setenta vezes sete.
23Porque o Reino dos Céus é como um rei que resolveu acertar as contas com seus empregados.
24Quando começou o acerto,trouxeram-lhe um que lhe devia uma enorme fortuna.
25Como o empregado não tivesse com que pagar,o patrão mandou que fosse vendido como escravo,junto com a mulher e os filhos e tudo o que possuía, para que pagasse a dívida.
26O empregado, porém, caíu aos pés do patrão,e, prostrado, suplicava: `Dá-me um prazo! e eu te pagarei tudo'.
27Diante disso, o patrão teve compaixão,soltou o empregado e perdoou-lhe a dívida.
28Ao sair dali,aquele empregado encontrou um dos seus companheiros que lhe devia apenas cem moedas. Ele o agarrou e começou a sufocá-lo, dizendo: Paga o que me deves'.
29O companheiro, caindo aos seus pés, suplicava:`Dá-me um prazo! e eu te pagarei'.
30Mas o empregado nóo quis saber disso. Saiu e mandou jogá-lo na prisão, até que pagasse o que devia.
31Vendo o que havia acontecido,os outros empregados ficaram muito tristes, procuraram o patrão e lhe contaram tudo.
32Então o patrão mandou chamá-lo e lhe disse:`Empregado perverso, eu te perdoei toda a tua dívida,porque tu me suplicaste.
33Não devias tu também, ter compaixão do teu companheiro,como eu tive compaixão de ti?'
34O patrão indignou-se e mandou entregar aquele empregado aos torturadores, até que pagasse toda a sua dívida.
35É assim que o meu Pai que está nos céus fará convosco, se cada um não perdoar de coração ao seu irmão.'

O que mais chamou sua atenção nesta passagem?
A forma cruel com que o empregado tratou seu companheiro.

O que significa "perdoar setenta vezes sete"?
Perdoar sempre que for preciso pois é assim que Deus age conosco.

Somos pessoas que gostam de estender o perdão ou pessoas intransigentes na reconciliação?
Geralmente somos duros em perdoar e, como cristãos se perdoamos, demoramos a aceitar a reconciliação. Precisamos do toque de Deus em nosso coração. 

Ó Deus, ajudai-nos a perdoar como Vós perdoais, perdão sem limite e sem medida. Que o nosso perdão seja sinal do Vosso amor e da Vossa reconciliação. Pai, nos fortaleça em nossas provações e nos abençoe agora e sempre. Amém!

Envia Teu Espírito, Senhor,
 e renova a face da terra!

8 comentários:

Blog Católico do Leniéverson disse...

Olá, bom dia,
A paz de Cristo e o amor de Maria!
Me chamo Leniéverson, eu gostei muito do seu blog católico, muito bem escrito e produzido.Estou convidando a ser meu seguidor em meu blog http://lennyjornalistacatolico.blogspot.com/

Tetê disse...

Oi Suki! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Bjks Tetê

::Tetê:: disse...

Oi! Que bom encontrá-la mais uma vez no Gotas de Sabedoria! Fiquei muito feliz com sua visita! Acabo de atualizar e, como sou feliz quero vê-la feliz, também! Bjks Tetê

Mabel disse...

Olá Suzuki! Você sempre com maravilhosos posts! É muito bom vir aqui! Obrigada por sua visita ao Sinais do Reino! Paz e Bem! Beijos Mabel

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

... Morgana disse...

Olá miguxinha! Muito obrigada pela visita ao meu blog! Esse seu cantinho é muito bom! Beijos cintilantes. Morgana

Nilza disse...

Oi querida: passando para agradecer a visita no Essências para a Vida e avisar que já atualizei! Seu post está caprichado, heim! Paz, saúde e que Deus nos ajude! Boa semana! Nilza

Frida disse...

Olá querida! Valiosa essa sua reflexão! É uma grande alegria receber sua visita! Muito obrigada! Acabei de atualizar. Luz e Paz! Frida